Sua imagem pessoal também é um importante diferencial competitivo para o sucesso de sua carreira

A experiência profissional, a formação acadêmica e o conhecimento técnico são fundamentais para o crescimento e desenvolvimento da carreira. No entanto, existe um complemento muito importante que, muitas vezes, não tem a devida atenção: a imagem pessoal – o comportamento, as atitudes, a forma de se vestir, de falar, de escrever.

Ter uma imagem pessoal adequada, de confiabilidade e de coerência em relação às nossas ideias e nossos propósitos também é um grande diferencial competitivo no ambiente corporativo.

Um estudo revela que, considerando a representatividade no Processo de Comunicação, a apresentação pessoal (atitudes, gestos, expressões, aparência) corresponde a 55%, enquanto o tom de voz equivale a 38% e as palavras 7%.

Você sabia desta proporção de 55%? É bem razoável ter uma atenção especial neste detalhe, não é mesmo?

Muitas vezes, a preocupação é maior em desenvolver projetos e planos estratégicos. No entanto, ao apresentá-lo aos “possíveis” interessados, não recebemos o devido reconhecimento e crédito. Então pensamos: o que faltou?

Como apresentar um projeto com ideias inovadoras se minha forma de vestir é ultrapassada? Como falar em excelência no atendimento a clientes se não tenho bom relacionamento com meus pares? E diversas outras situações nas quais a fala não condiz com as atitudes.

A imagem pessoal é formada no dia a dia, ao lidar com os colegas, superiores, subordinados, fornecedores, equipe terceirizada, clientes, etc. Qual nível de cordialidade, atenção e respeito estamos tendo ao falar, ao escrever a estas pessoas? Na forma que nos vestimos, formalmente ou não, mas “representamos” a companhia onde trabalhamos. O que ela espera de você?

É preciso ter coerência e credibilidade nas palavras e atitudes para ter respeito, confiança e oportunidades dentro da empresa, com parceiros de negócios e com clientes.

Sua imagem pessoal deve ser percebida de forma diferenciada perante os demais e é preciso que você seja notado positivamente, então, procure sempre tratar as pessoas com respeito e cordialidade em todos os níveis hierárquicos. Esqueça a frase “Faça o que eu falo, não faça o que eu faço”, cumpra suas próprias palavras em suas atitudes, siga o dresscode que a empresa sugere e, caso não haja, considere a vestimenta adequada com o nível de formalidade da companhia.

Seguindo estas dicas, você certamente irá desenvolver muito positivamente sua personal branding, será visto como um profissional diferenciado e irá alcançar seus objetivos de carreira com muito sucesso!

Agradeço por sua especial atenção ao ler este artigo e, se gostou, deixe seu comentário. Assim, poderemos conversar mais sobre esse tema.

Um abraço.

Priscila Avelar

Consultoria de Imagem Pessoal e Corporativa |

Marketing Pessoal | Personal Branding

 

%d blogueiros gostam disto: