[Revista Digital] Os profissionais de Secretariado nos dias de hoje | Keli Anjos

O profissional de Secretariado tornou-se uma função estratégica, por isso somos o braço direito do chefe, somos coautoras das tarefas diárias.

Hoje o perfil mudou: o profissional se envolve em todas as áreas da empresa, visando sempre ajudar e fazer melhorias.

O profissional de Secretariado tem que estar melhor adaptado às novas tendências do mercado, tem que estar atualizado com as notícias, com as tecnologias.

Fazer parcerias de serviço, troca, ou “combos” de serviços. Exemplo: o profissional que é prestadora de serviço, que trabalha em casa na modalidade home-office, pode trocar o serviço dela por algum outro tipo de serviço.

Prestadores de serviços, ser o braço direito do gestor, precisamos atingir resultados. O profissional tem que fazer planejamento e sempre estar à frente de tudo, pois é nela que é depositada a total confiança do executivo.

Temos que alimentar o gestor com informações atualizadas, ir além do esperado, ficar de olho em todas as notícias.

Ser um ícone, ser a protagonista e não apenas coadjuvante, ser admirada(o).

Empreendedorismo: ter a autonomia de um empreendedor, acompanhar metas, fazer apresentações, buscar sempre mais conhecimento.

Qualidade no trabalho: buscar a excelência no seu trabalho; tudo o que fizer, fazer bem feito; ir além das expectativas.

Administrar melhor o tempo: isso é algo no qual muitas pessoas enfrentam dificuldades. Existem inúmeras
dicas mas, em primeiro lugar, você precisa organizar o seu dia, listar suas tarefas e executá-las, dar prioridade
e saber delegar.

Qual a minha marca pessoal?

Deixar a minha marca pessoal, ser lembrado, limite de autonomia, ter coragem para assumir riscos. Use tudo isso ao seu favor. Devemos cavar oportunidades e nos preparar para a carreira.

Busque o novo, seja o novo, mas nunca perca a essência, nunca deixe de ser você e nunca deixe de sonhar e correr atrás dos seus sonhos!

Idealize-os e realize-os, não os deixem apenas no papel.

Desde 2010 ouvimos falar em “Empoderamento Feminino”, ou seja, a igualdade entre os gêneros, homens e mulheres trabalhando na mesma função e recebendo o mesmo salário, sem discriminação nem diferenças que, sabemos, ainda existem muitas no mercado de trabalho.

Quando você decide se transferir para outra atividade, você precisa muito do apoio dos familiares, por exemplo; você é Secretária e decide escrever um livro, ser palestrante. Isso exige muito tempo e disposição, ou seja, menos tempo com a família; por isso, precisa do apoio de todos, porque depois a recompensa é maravilhosa, “o reconhecimento”.

Faça um mapeamento de si próprio, listando os pontos fracos e os pontos fortes.

Mantenha sua rede de relacionamentos ativa, seu networking, porque, quando trabalhamos por muito tempo em uma determinada empresa, nós nos apresentamos pelo nome e em seguida com o nome da empresa, e perdemos a nossa identidade; então, para que isso não aconteça, você precisa manter sua rede de relacionamentos sempre
ativa, para que não te conheçam apenas por uma empresa, ou local.

Sempre tenha em mente um plano B, C, D ou até mesmo E. Nunca devemos ficar estagnados naquele emprego, naquela função. Tenha sempre um plano B, seja um Coach, um Professor ou até mesmo abra o seu próprio negócio, e conheça todas as áreas da empresa.

Você pode tudo o que quiser!!! Prepare–se!!! Seja protagonista da sua vida, assuma os riscos, vá além, seja sempre você!!!!

Crie, invente e reinvente, essa é a missão que eu deixo para vocês!!!

Keli Pereira dos Anjos
Formada em Secretariado Executivo Bilíngue
Registro Profissional na SRTE 0051359/SP
Pós-graduada em Docência do Ensino Superior
35 anos, mãe, casada
Cel.: (11) 9-6703-8424
E-mail: kelipereira1982@yahoo.com.br

%d blogueiros gostam disto: