Pin It

[Revista Digital] Almofadas – amar ou amar | Fabiana Santana

Quem me conhece sabe o meu grande amor por elas, as almofadinhas, nossas companheiras de sofá. Para se ter um ambiente mais intimista, aposte nelas.
Qual é o estilo da sua casa? Independentes, as almofadas não podem faltar. Coloridas, decorativas, sempre marcam presença, sobretudo em áreas de descanso, como as salas, as varandas e até mesmo nos quartos. De fato, estas peças vêm se destacando como uma alternativa para harmonizar a decoração e é inegável a sua importância. Porém, não basta apenas comprá-las e jogá-las em qualquer cantinho. Elas merecem um cuidado maior: sem elas o ambiente fica vazio e frio. Então, aqui vão dicas de boas ideias para usar e abusar desse acessório que vai dar o charme que não pode faltar no seu ambiente.

Onde colocar as almofadas? Não tem lugar melhor para as almofadas ficarem senão o bom e velho sofá ou qualquer outro mobiliário de descanso, como um chaise ou poltrona – e, assim, é claro que eles foram feitos um para o outro, e ninguém está aqui para mudar esta convenção. Você pode, sim, deixar todas as suas almofadinhas em cima do sofá sem o menor problema. Em ambientes mais íntimos, como quartos e closets, você poderá utilizá-las no chão com tamanhos maiores e em formatos anatômicos – também utilizadas dessa forma em decorações mais despojadas.

As almofadas ficam muito bem em um futon, banquinho, pufe e até mesmo no chão, dando charme a uma mesa de canto. Vai da sua criatividade. Porém, atenção: a combinação de cores, bem como a quantidade de peças que estarão juntinhas, também influenciam em toda a harmonização, e o bom senso deve-se fazer presente sempre.

Paredes e almofadas unidas
Se você acha um pouco complicado harmonizar as almofadas na decoração, uma boa saída é sempre optar por cores contrastantes ou combinantes. As almofadas podem combinar diretamente com a parede – você terá um resultado surpreendente. Esse segredinho é infalível: colocar tons sobre o tom ou diversos detalhes e estampas com a cor da parede. Não tem como errar. Assim, as almofadas ficaram integradas diretamente ao ambiente e cumprindo seu papel delas de proporcionar conforto e beleza.

Sofá e almofadas – contrastantes
Sim! Elas podem ser contrastantes. Essa é a brincadeira. Mas você já reparou que, ao pesquisar por ambientes decorados, sempre tem aquelas almofadas coloridas que contrastam com a poltrona ou do sofá? Perceba: se o móvel segue os tons de roxo, lá vai estar uma almofada de cor quente e intensa para contrastar ou numa estampa similar à do móvel, nunca o mesmo tom do mobiliário.
A ideia com esta disparidade é justamente unir as peças, apesar do que parece, pois, deste modo, tanto sofá quanto almofadas conseguem aparecer e gerar aquele equilíbrio tão necessário.

Modelos diferentes
Foi-se o tempo em que as almofadas decorativas eram aquelas peças quadradinhas e monótonas. Hoje em dia, muitas lojas de decoração têm se especializado em trazer ideias novas e um conceito diferente. Aí tem de tudo: retangulares, redondinhas, em formatos diferentes e até aquelas que contam com mensagens motivacionais e estampas inspiradoras – e fica lindo, cada uma de um formato. Meus olhinhos brilham quando vejo um conjunto de almofadas desiguais.
O ideal, além de pensar na aparência, é analisar o material da almofada antes de comprar. Prefira aquelas fofinhas e com possibilidade de lavagem fácil. Também fique atento ao tamanho e respeite as proporções: as peças precisam se adequar ao tamanho do móvel, nem tão grandes e nem tão pequenas.

Ai vem a maior das dúvidas, a quantidade.

A dica básica para quem está pensando em investir em almofadas coloridas decorativas é o bom senso, sobretudo quando se tem um amor infinito por elas. Afinal, a gente sabe que dá muita vontade de comprar várias almofadas; no entanto, você precisa se segurar e perceber se a quantidade de peças é suficiente para decorar com estilo sem atrapalhar na hora de alguma pessoa se sentar. Este equilíbrio você precisa deixar em primeiro lugar sempre. Análise o tamanho do seu sofá: hoje eles estão enormes e retráteis, e é necessário saber balancear para também a almofadinha não ficar perdida e solitária – seria um desastre.

Atualmente, quando se trata de almofadas, o que há de mais quente é apostar nos modelos felpudos. Pelúcia e pele fake trazem ares descolados para a decoração. Tanto nos quartos quanto nas salas elas estão presentes.

Se você não é tão moderninha e tem medo de errar com as cores, aposte em tons monocromáticos e terá uma surpresa com a reação das visitas; sua sala vai parecer foto de revista especializada em decoração.
Almofadas com desenhos geométricos são atuais e levam dinamismo para a decoração, e podem também soprar vibrações étnicas.

Suaves, macias, confortáveis, coloridas, lisas, com ou sem textura, as almofadas são um acessório decorativo multifuncional. Existentes em vários tamanhos e formatos, não precisa de muitas para renovar um ambiente – basta trocá-las de lugar ou de fronha para se ter um ambiente renovado e aconchegante. Então, vamos brincar e decorar.

Fabiana Santana-Design de Interiores
Instagram: fabianasantana_designambientes
E-mail: fabisantana81@hotmail.com
Cel.: (21) 9-9875-4895

(Visited 3 times, 1 visits today)
%d blogueiros gostam disto: