Inglês – Dicas de pronúncia e acentuação | Executiva News | 20ª Edição | Márcia Bonamin

Dicas de pronúncia e acentuação tônica em língua inglesa:

Será que você sabia disso?

 

Quando você pensa que dominou a pronúncia das palavras em língua inglesa, sempre descobre algo novo. Não é assim?

Neste artigo, vou abordar algumas características da pronúncia, em língua inglesa. Embora o Inglês seja um idioma relativamente fácil de ser aprendido por conta de sua gramática simplificada, a pronúncia dessa língua requer um conhecimento linguístico mais apurado, especialmente porque a relação letra-som não é tão transparente quanto a do Português.

Para ficar mais claro, imagine a letra/fonema “a” em português. Apesar de pequenas variações regionais, essa vogal possui somente o som de “a” como na palavra casa ou pato e o som de “ã” em cama e mão. Entretanto, em Inglês, alguns dos alofones (variantes linguísticas) dessa letra/fonema são: (a) “a” na palavra “car” (b) “ei” em “cake”; (c) “é” em “mad”; (d) “ã mais fraco” na palavra “zebra”. Às vezes esse som nem é pronunciado como em na palavra “sea”, por exemplo.

Parece complicado, não? Então, seguem algumas dicas que irão apresentar as relações da fonética com várias áreas da língua inglesa. Vou procurar transcrever a representação gráfica aproximada ao Português. Por exemplo, na palavra “mad” vou considerar com o som de “é”, embora a transcrição fonética correta é /mæd/ (a+é). É bem interessante conhecer os símbolos fonéticos. Dê sempre uma conferida em quaisquer dicionários impressos ou eletrônicos para uma transcrição mais exata.

 

Relação som-letra/fonema

Felizmente, alguns grupos de letras correspondem, na maioria das vezes, aos mesmos sons.

Alguns exemplos são:

(a) “ey”, se pronuncia “i”. Assim: money (moni); key (ki), honey (honi); turkey (turki)

(b) “au”, se pronuncia “ó”. Assim: August (ógust); Austria (óstria); áudio (ódio)

(c) o sufixo “age” se pronuncia “idgi”. Assim: message (messidgi); advantage (advantidgi); percentage (percentidgi)

 

Variação da sílaba tônica dependendo da classe gramatical

Talvez você nunca tenha prestado atenção, mas muitas palavras mudam sua sílaba tônica dependendo da categoria gramatical. O quadro abaixo ilustra alguns vocábulos.

Palavra Substantivo Verbo
upset Don’t be “up”set for that I’m sure your boss will up”set” you.
record A need a “re”cord of all customer’s calls Please re”cor”d the names of all customers
control We need a new remote “co”ntrol You should con”troll” these expenses
import The “im”ports had an “in”crease this year We must im”port” more to increase our stocks
increase
Detail You should pay attention to all the “de”tails He de”tailed” the prices in this invoice
update They sure need an “up”date Please up”da”te the news!
Refund The client required a “re”fund The company re”fun”ded his payment.
permit The company requires a “per”mit to enter the building Per”mit” me to explain
contract The executive will sign the “con”tract tomorrow Services will be con”trac”ted externally

 

Sufixo      Palavra Palavra com Sufixo
-ian “Par”is Pa”ris”ian
-ic “al”cohol Alco”ho”lic
-eous “cou”rage Cou”ra”geous
-ity “bru”tal Bru”ta”lity

 

Sílaba Tônica e Grafia

A acentuação tônica poderá influenciar a grafia das palavras! Você se lembra da regra do “CVC” ao se acrescentar aos verbos os sufixos de gerúndio (“-ing”) e de passado (“ed”)? Bem, vou refrescar a sua memória. Alguns verbos, no gerúndio, dobram a última letra se possuírem a sequência final “consoante-vogal-consoante (CVC)”, tais como: swim (swimming) e run (running). O mesmo acontece com o sufixo “ed”: plan (planned); rub (rubbed). Como você deve ter observado, grande parte desses verbos são monossílabos.

Entretanto, se essa regra se aplicar aos verbos dissílabos ou polissílabos, teremos que recorrer à fonética. Como assim? Eu explico: somente se a tônica ocorrer na última sílaba, é que a última consoante dobra. Veja esses exemplos de CVC com verbos dissílabos:

“O”pen (CVC, mas acentuação na primeira sílaba: “não dobra”): ope”n”ing, ope”n”ed

Com”trol” (CVC, com acentuação na última sílaba: “dobra”): contro”ll”ing, contro”ll”ed

Outros exemplos:

Verbo com final CVC Forma Gerúndio Forma Passado
Ad”mit” Admi”tt”ing Admi”tt”ed
Com”mit” Commi”tt”ing Commi”tt”ed
Pre”fer” Prefe”rr”ing Prefe”rr”ed
Re”fer” Refe”rr”ing Refe”rr”ed

 

Over to you (Agora é sua vez):

Reveja os conceitos mencionados acima e pronuncie o pequeno texto abaixo:

Are you admi”tt”ing that you have commi”tt”ed some mistakes in the past? I won’t per”mit”. I’ve de”tail”ed a lot of hints to help you. So, re”cor”d this mess”age” in print or audio: get up”dat”ed and keep on referring to my articles and you will soon have an increase in the percent”age” of correct words you pronounce. Be cou”ra”geous!

 

Marcia Costa Bonamin

Professora Língua Inglesa Ensino Superior

Mestre em Linguística Aplicada ao

Ensino de Línguas–PUCSP

Ex-Secretária Executiva Bilíngue

E-mail: bonamin@uol.com.br

 

%d blogueiros gostam disto: