Festa da Firma | Executiva News | 20ª Edição | Márcia Lopes | Executiva News Revista Digital

Festa da Firma | Executiva News | 20ª Edição | Márcia Lopes

Todo fim de ano o cenário se repete.

A programação animada para as despedidas e os amigos secretos. A contagem regressiva para a semana de férias coletivas e os constantes desejos de um ano novo melhor.

Como manter a finesse e boa educação sem perder a espontaneidade nessa época do ano?

O que vou deixar aqui são dicas para facilitar sua vida. Não para que você desista de comparecer às comemorações.

Até mesmo porque eu acho que você precisa se fazer presente. Tanto pela empresa, que se empenha em propiciar o momento de descontração e confraternização entre os colaboradores, tanto pelos colegas que estiveram ao seu lado durante todo o ano, como por você mesmo, afinal de contas, merece!!!

As regras para uma festa proveitosa, sem que seja motivo de constrangimento no dia seguinte, são as mesmas de uma convivência harmoniosa durante o dias normais de trabalho:

*Não é porque o momento é de descontração que você pode ir de chinelos e regatas.

*Tem bebida alcoólica? Beba com moderação. Dica: alimente-se um pouco antes de chegar à festa para “não ceder” à primeira taça. Também alimente-se com adequação.

*Fofoca? Nunca. “Xororô” ou confidências? Também não. Reclamações de nada. Se não aprovar o cardápio, guarde para si o descontentamento.

*Ah! Também não será hora para discutir um relatório pendente ou se lembrar dos e-mails não respondidos e efetuar cobranças aos colegas.

*Mais: lembre-se que o que acontecerá na festa, não ficará na festa. Será motivo de comentários para a hora do cafezinho no encontro seguinte. Esqueça as dancinhas comprometedoras.

*Acompanhante? Só se a regra tiver sido bem clara.

*Não seja o primeiro a chegar e o último a sair. Não fique sentado o tempo todo. O momento é de confraternização.

*Se não gostar do cardápio, fique na sua, disfarce. Confraternize com seus colegas.

*Esqueça o celular e as constantes selfies. É hora do “olho no olho”.

Amigo secreto! Outra tormenta. Hoje penso eu que, com a mentalidade de consumo mais consciente, reforçada pelo necessário ajuste de despesas, muitos grupos estipulam valores máximos de lembrancinhas ou categorias de presentes. O que facilita muito nossa vida.

Caso isso não ocorra, espero poder contribuir com essas rápidas sugestões:

*Regra número 01: nada de presentes pessoais como roupas íntimas, por exemplo.

*Se for uma mulher e quiser presentear com acessórios, escolha peças neutras e de boa qualidade.

*Chocolates e biscoitos finos (atenção às possíveis restrições alimentares que possam existir).

*Vinhos são bacanas, sempre.

*Livros: merecem ser resgatados (só não vale “50 tons de cinza”)

E se eu tirar o chefe? Deve permanecer dentro dos parâmetros estipulados. Não é o momento de você demonstrar o seu bom gosto e nem a sua disponibilidade de gastar “rios de dinheiro”. Pode soar como inapropriado aos colegas e constranger seu superior.

No momento da revelação, lembre-se de fazer o bem à pessoa que será presenteada. Não se utilize de piadinhas de mau gosto. Ressalte as qualidades.

Ah! Caso não possa participar, apenas decline do convite de maneira educada, incomparavelmente melhor do que aceitar contrariado(a) e não comparecer no dia.

Um beijo grande, um 2018 maravilhoso para todos nós, obrigada pela companhia e até a próxima edição.

 

Marcia Lopes

Formada em Estilo e Imagem Pessoal, Personal Shopper e Coloração Pessoal.

Interfaces da Moda: SENAI Antoine Skaf. Cursando Desenho de Moda.

Membro da Associação Internacional de Consultores de Imagem.

Aventuro-me neste mundo da moda desde 2013.

Em 2015, saí dos bastidores e me lancei nas redes sociais produzindo conteúdo.

Em 2016, fui convidada a fazer parte do grupo de Colunistas da Revista Executiva News, dedicada ao mundo do Secretariado Executivo, escrevendo para profissionais de ambos os sexos sobre comportamento e imagem profissional.

Também colaboro com o Blog Portal da Secretária.

Apresentadora do Programa Papo e Estilo.

Ah! Sou formada e pós-graduada em Direito.

 

%d blogueiros gostam disto: