Pin It

E quando a viagem é a trabalho? | Executiva News | Secretariado Executivo

Setembro foi um mês cheio, ufa! Vários eventos na área e pessoas indo de lá para cá e de cá para lá. O que me fez refletir sobre aqueles que precisam viajar muitas vezes no mês.

Como devemos nos comportar nessas situações? Há algum código de etiqueta que nos respalde? Separei algumas dicas para auxiliar quem viaja muito a trabalho.

1.Viagens a trabalho são excelentes para fazer networking. Muitas vezes, a oportunidade esperada está exatamente nessa viagem. Aproveite e crie laços e oportunidades. Converse e exponha seu trabalho.

2.Jamais fale mal da cidade que está recebendo você, nem trace comparações pejorativas com sua própria cidade. Guarde suas críticas para você ou as compartilhe de maneira mais positiva com a finalidade de contribuir. Ninguém gosta de ouvir comentários depreciativos da própria cidade. Muitas vezes, estes comentários surgem em tom de piada ou são sutis. Vou dar um exemplo da minha cidade, a capital, onde muitas relações de poder se desenham. Algumas vezes ouvimos: “Como vai a cidade cheia de ladrões?”. Lembro sempre que a política não é a totalidade de seu povo. E tenho certeza que outras regiões também passam pelo mesmo problema do senso comum. Então cuidado com a hostilidade.

3.Se a viagem é prioritariamente para trabalho, não arrume desculpas para fazer passeios. Você pode ser mal interpretado(a) caso coloque fotos nas redes sociais dos locais por onde andou.

4.Falando em redes sociais, tenha ética e consciência sobre o que você posta enquanto em trabalho. A propagação das informações nas redes é rápida e o tom de cada postagem deve ser analisado.

5.Você está a trabalho, então logo está disponível. Não desligue o celular ou se torne inacessível para sua própria empresa. Lembre-se, o custo dessa viagem é deles.

6.Se na sua cidade já são inviáveis atrasos, imagine se está viajando para participar de reuniões, encontros, etc., e chegar sempre atrasado para estes eventos não é uma boa pedida. Por isso, planeje sua agenda com antecedência.

7.Não use a verba da empresa para compromissos pessoais. Se você possui um cartão corporativo, cuidado ao utilizá-lo, pois normalmente é necessário prestar contas do que foi gasto.

8.Reflita sobre seu comportamento em festas e recepções durante a viagem. Não é porque você está fora da sua região que as regras de etiqueta devem ficar na mala ou esquecidas.

9.Não ignore a cultura e os costumes locais. Essa dica é muito válida para quem está viajando ao exterior. Observe os hábitos de quem vai trabalhar contigo. Pesquise a cultura local. Respeite as diferenças.

10.Pense na sua hospedagem. Muitas vezes é mais confortável estar no mesmo hotel do evento/reunião ou nas proximidades. Isso permite melhor flexibilidade e uso do tempo.

É importante que, ao ser escalado para trabalhar em outra região, o funcionário tenha em mente o objetivo dessa ação. Compreender quais são as metas da empresa permite ao funcionário contribuir para os resultados de maneira mais eficaz. Por outro lado, o estímulo da empresa aos envolvidos neste processo pode garantir a otimização dos resultados, trazendo benefícios à organização.

 

Michelle Soares

Secretária Executiva-Universidade de Brasília

Docente Faculdade Projeção

Facebook: Mentoria e Técnicas de Estudos em Secretariado Executivo

E-mail: michellesoares@bce.unb.br

Cel.: (61) 9-9380-2293

executivanewsrevistadigital.com

(Visited 82 times, 1 visits today)
%d blogueiros gostam disto: