Decorando com orquídeas

[Revista Digital] Decorando com orquídeas | Fabiana Santana

Belas e delicadas, as orquídeas são uma ótima opção, se você está procurando uma planta para dar mais vida à sua casa.

As pessoas acham lindo colocar um vaso de orquídeas em uma mesa no centro da sala, porém, não é nem de perto o lugar mais adequado para isto. Outros colocam-no próximo a janelas, o que já é uma opção bem mais interessante. Mas alguns tipos de orquídeas precisam de condições diferenciadas, o que requer, em alguns casos, que você crie uma área dedicada especialmente para o cultivo.

A grande variedade de espécies permite combinações perfeitas para quase todos os estilos e decorações de um ambiente.

Orquídeas brancas ficam bem em todos os ambientes. A decoração com orquídeas também faz bonito na parte externa de casa. Combine mais de um arranjo com a flor para garantir um desenho delicado com a combinação dos arranjos.

Jardins verticais estão em alta e cotados para as orquídeas. Mesclar espécies com outras plantas que requerem os mesmos cuidados fazem um jardim vertical de arrancar suspiros. Não exigem muito espaço, podendo ser instalados em apartamentos, ambientes externos ou internos, dependendo da ventilação e luz que o espaço recebe. O resultado é maravilhoso, compondo paredes e dando vida a esses espaços frios.

Superdelicada, a orquídea é tão incrível que é utilizada como um objeto de decoração, mesmo que seu vaso seja simples, fazendo bonito em praticamente qualquer cômodo da casa. Evite apenas colocar as flores no banheiro e na cozinha. No banheiro, o vapor do chuveiro pode prejudicar o crescimento e a beleza da planta, enquanto que, na cozinha, os vilões são a temperatura alta e até a gordura do preparo dos alimentos.

Saiba que, independente do estilo de decoração da sua casa, as orquídeas vão combinar. Se seu estilo é mais moderno e minimalista, as flores podem servir como um contraponto bacana de delicadeza, brincando até com as cores do arranjo.

Já um ambiente mais romântico ganha muito com a presença de flores frescas, que podem ser um ponto de atenção ou fazer parte da composição delicada. Ambientes rústicos com móveis e revestimentos de madeira também combinam muito bem com arranjos naturais de orquídeas.

Para decorar com orquídeas, aposte em espécies coloridas, para trazer mais tons para dentro de casa. Neste caso, o vaso pode até ser mais simples, afinal, o arranjo de flores já garante a beleza da composição.

Mesmo em ambientes mais modernos, as orquídeas fazem bonito, trazendo o contraponto de delicadeza pra contrastar com o ambiente mais frio.

Um espaço com linhas retas e cores neutras só tem a ganhar com um arranjo de orquídeas. A ideia é que o desenho delicado e orgânico da flor traga linhas suaves e sutis ao espaço.

Aproveite para combinar o arranjo de orquídeas com outras espécies, folhas ou outras flores ajudam a completar a decoração e trazer um pouco de natureza pra dentro de casa.

Orquídeas brancas ficam bem em todos os ambientes.

Como elas não são como as demais plantas que você provavelmente possui em casa, devido ao diferencial de não crescer na terra e não receber diretamente a luz solar, você precisa verificar alguns pontos na hora de escolher o local onde pretende colocar sua “plantinha especial”.

 

Cuidados básicos:

  • Água de menos é melhor que água de mais: as orquídeas não gostam de ambientes encharcados. Suas raízes apodrecem e abrem-se as portas para ataques de fungos, bactérias e outros parasitas. O ideal é que sua planta esteja colocada em um substrato drenável (como casca de pinos ou fibra de coco) e em vasos sem pratinho. A rega deve ser feita quando se percebe que o substrato está seco, o que se traduz em mais ou menos duas vezes por semana.
  • Comida sempre é bom: um adubo de vez em quando cai bem. Para não ter erro, aposte no 20:20:20 líquido aplicado a cada 15 dias.
  • Olho vivo: sempre observe as plantas, pois assim será fácil de descobrir o ataque de qualquer bichinho (como cochonilhas e pulgões) ou se a planta está bem adaptada ao local escolhido.

Fatores essenciais:

  • Luminosidade: quando alguém compra uma orquídea e não consegue fazê-la florescer, o conselho mais ouvido pelos cultivadores ou floristas é de que você deve dar mais luz a elas. O florescimento não depende apenas da quantidade de luz, mas certamente este é um dos fatores essenciais para que elas consigam produzir flores lindas e saudáveis. Portanto, preste muita atenção na questão da iluminação.
  • Temperatura: este é o segundo segredo que a maior parte dos iniciantes não conhece. As orquídeas não gostam de temperatura constante e este é um dos fatores que impede que elas floresçam.
  • Ventilação: umidade e ventilação estão superconectadas, dependendo do meio em que você coloca a planta. Se houver umidade sem ventilação, pode acontecer das raízes apodrecerem.
  • Umidade: a frequência para regar vai depender da temperatura e umidade. Você só deve regar quando o substrato estiver seco, porém, lembre que nos dias de sol forte e muito calor a água evapora bem mais rápido.

Elas são lindas e delicadas, precisam de atenção e cuidados. Mas o resultado é uma casa cheia de amor.

Uma dica: comece com uma, e logo estará apaixonada.

Fabiana Santana-Design de Interiores
Instagram: fabianasantana_designambientes
E-mail: fabisantana81@hotmail.com
Cel.: (21) 9-9875-4895

%d blogueiros gostam disto: